Ford Fusion Flex

DSC00796

O Pardal bateu as asas à convite da Ford para conhecer o novo Ford Fusion. Na paradisíaca Florianópolis o novo Ford Fusion não teve problema algum em disputar a atenção das pessoas que encontravam a frota de bólidos que cruzaram a ilha no test drive oferecido pela Ford para conhecer em detalhes o lançamento da semana. O carro passava e um sem número de olhos eram atraídos magneticamente pelo Fusion Branco que dirigi.

Antes do test drive conhecemos os detalhes técnicos e alguns deles você pode ter visto no fanpage do Pardal Carioca no Facebook. Resumidamente, o #NovoFusion Flex tem motor Duratec 2.5 de 4 cilindros. O torque desta criatura é 237/228 Nm (etanol/gasolina) aos 4.500 rpm, já a potência 175/167 cv aos 6.000 rpm. A tração é dianteira e a transmissão é automática de 6 marchas. Assim como a EcoSport PowerShift, você pode acionar a troca de marchas manualmente, contudo, o câmbio da Eco é automatizado de duas embragens e o do Fusion é automático mesmo.

Fusion motor1

Os pneus da versão flex são de 17″ com perfil 50. Isto faz o carro ter uma aparência esportiva, e quando você se senta atrás do volante, percebe a posição esportiva de dirigir, contudo, e isto eu achei ótimo, a suspensão é tão bacana com suas costas, que você não nota os buracos da rua. Jamais dirigi um carro tão macio e silencioso com tanto apelo esportivo. 

O motor é flex e engana-se o gajo que acredita que esta versão foi feita para ser vendida nos EUA e nós, por um acaso, ganhamos um carro grande e de luxo com motor flexível. Muito pelo contrário! O Fusion Flex com motor 2.5 foi feito sob medida para o Brasil. E não é por ser flex que o modelo é o pé de boi. Ele é, sim, o modelo mais barato que estará disponível no Brasil, mas ele não é básico em nada.

Equipamentos

Seus equipamentos inteligentes incluem o sistema de conectividade SYNC com tela de 8 polegadas, sistema de navegação (GPS) com mapas do Brasil, conexão Bluetooth para celular, USB, cartão de memória e entrada de vídeo/áudio RCA, com comandos de voz em português para funções de áudio, ar-condicionado, navegador e telefone.

Fusion interior  1

No painel, o veículo traz duas telas de LCD que podem ser configuradas com as informações desejadas pelo motorista (sistema MyFord Touch). O banco do motorista conta com ajuste elétrico em 10 posições e três memórias, incluindo a posição dos retrovisores. A direção tem regulagem de altura e profundidade. O ar-condicionado digital dispõe de controles individuais para o motorista e o passageiro, além de saída de ar traseira, para aumentar o conforto térmico dos ocupantes. O farol acende a luz baixa automaticamente em locais escuros.

Outra conveniência é o teclado numérico embutido discretamente na coluna da porta do motorista, que possibilita a destravamento e travamento das portas sem a chave. Antes este teclado era físico, mas agora ele é capacitivo na coluna do motorista. Os característicos números agrupados dois-a-dois, acendem em vermelho ao toque de um dedo.

A direção é elétrica, o que permite que exista um sistema que filtre as vibrações causadas pelo solo e que é chamado de Active Nibble Control. Tem ainda a câmera de ré, com indicação de trajetória e o freio de estacionamento, que também é chamado de freio de mão, é elétrico.

Fusion interior  8

Para os Geeks o Fusion trás um roteador WIFI, que não cheguei a usar no Test Drive, mas que já despertou minha curiosidade desde que fui conhecer o Ford Edge. É o mesmo sistema que permite que o carro provenha acesso aos ocupantes através da rede WIFI. Basta ter um modem conectador a porta USB que ele faz tudo pra você. 

Cores

DSC00817

Tem fabricante que só trás carro preto e prata para o Brasil e a versão branca custa ainda mais cara. A Ford trouxe cores lindas com o Fusion. São 7 no total e as mais bonitcas são a Vermelho Vermont Perolizado e a Azul Carmel Perolizada. A foto acima é a Vermelho Bordeaux e abaixo a Vermelha Vermont. 

DSC00818

Completam ainda a lista de cores os óbvios, branco, preta e prata e um cinza.

DSC00854

Preço

O Fusion Flex custa 92.990 reais. É um preço bastante salgado para um carro, mas na sua categoria ele consegue ser o mais barato. Mais barato inclusive do que os temidos e avassaladores coreanos. A versão é única e para rimar, vem com opcional único. Não rimou, mas é um teto solar, que vai custar 4 mil reais à mais.

Easy Fuel

DSC00814

Uma coisa que eu descobri no carro parado no lobby do Hotel no qual fiquei para o evento de lançamento, foi que o tanque pode ser acessado mesmo com o carro trancado. Ele tem aquele sistema que facilita a vida dos americanos que tem que eles mesmo abastecer o carro. Pensando neles, a Ford fez um sistema muito prático, que não requer que você acione nenhuma alavanca interna para liberar o abastecimento. Ela ainda foi além e não precisa nem ao menos desatarrachar a tampa, pois o sistema Easy Fuel permite que o vapor de combustível não saia e nem que outros objetos entram no tanque. Apenas o bico da bomba entra e você abastece.

Acontece que se você pegar o seu dedo e forçar a “portinha” do easy fuel, você tem acesso ao tanque. Quando você faz isto, vem aquele cheiro de gasolina, ou etanol, característicos. Eu li relatos que o New Fiesta tem sistema parecido e que um acessório está à venda para travar o tanque, ou melhor, colocar uma tampa. 

Pois bem, eu recomendo fortemente a compra deste acessório, que vai trazer mais segurança pra você.

Diferenças

A família Fusion é composta por 4 modelos.

  • Fusion Flex (R$ 92.990)
  • Fusion Titanium 2.0 EcoBoost (R$ 99.990)
  • Fusion Titanium 2.0 AWD EcoBoost (R$ 112.990)
  • Fusion Hybrid (a ser lançado)
O que Titanium tem à mais que a Flex?
 
Motor de 240cv, Rodas aro 18″, aerofólio traseiro, bancos esportivos, escapamento duplo com ponteira cromada, pedaleira em alumínio, soleira das portas, sistema de som Sony com 12 alto falantes, acesso inteligente por sensores (chave no bolso para entrar no carro) e botão para ligar o motor.
 
A versão AWD trás de diferente da versão do parágrafo anterior o seguinte:
 
Tração nas quatro rodas, sistema de permanência de faixa, alerta de colisão dianteira, sistema de estacionamento automático, piloto automático adaptativo, sistema de monitoramento de ponto cego e alerta de tráfego cruzado, farol alto automático, sensor de chuva, sensor de estacionamento dianteiro, teto solar e tomada de 110v.

Adorei

  • Suspensão macia
  • Baixo nível de ruído
  • Ótima posição de dirigir
  • GPS integrado e inteligente
  • MyFord Touch (as duas telas no painel de instrumentos)

Poderia ser melhor

  • Preço (tudo bem que ele é o mais barato, mas…)
  • Quando o sol bate sobre a tela do console central, ela se torna difícil de ler
  • Espelho retrovisor externo poderia não ter o espelho plano, apenas o convexo
  • A frente do carro é baixa o que faz ela raspar no chão em valetas e quebra molas

Conclusão 

O Fusion Flex é um ótimo carro, confortável, esportivo, espaçoso e silencioso. Tem uma gama enorme de gadgets legais, que você vai usar no seu dia-a-dia e que você veria apenas em carros de preço superior de origem alemã, por exemplo. Todos os demais irmãos são assim. Este é o mais barato, mas o AWD vem com um monte de coisas legais e a diferença é de ~20% no valor, o que faz pensar o que vale mais a pena?

É legal ter um carro flex? Sim, tem a coisa da revenda, mas eu não gosto de carros flexíveis. Carro bom, é carro especialista. O AWD é o cara! Cheio de gadgets ele rouba meu coração. E tenho dito, ou melhor, cantado. Sou um Pardal, não sou? Piu! Piu! 😉