Arquivo da tag: Automático

Diário Ford Focus: Câmbio PowerShift

Nos EUA, a grande marioria dos carros tem câmbio automático. Na Europa, nem tanto, mas aqui no Brasil o câmbio automático sempre foi restrito aos carros de luxo devido ao seu custo. Na verdade era o contrário. 

O câmbio manual dominou o mercado por décadas, por que seu custo era muito baixo e as montadoras sempre queriam os custos mais baixos para seus carros para vender no volume. A coisa mudou de figura nos útlimos 20 anos. Câmbio automático passou a ser oferecido como opcional nos modelos mais caros, mas passou a ser  mais acessível. Hoje tem modelo vendido no Brasil que só conta com câmbio automático.

Então falei de câmbio manual, que é conhecido de todos. Só pra lembrar seu funcionamento: Você aciona a embreagem com o pé e efetua a troca de marcha através da manipulação de uma manopla.

Falei também do câmbio automático, que tem manopla para selecionar o modo de funcionamento. A troca de marchas é feita pelo sistema de engrenagens. Este sistema costuma ser complexo, imerso em óleo e funciona em conjunto com um conversor de torque (estou simplificando consideravalmente o seu funcionamento).

Automático ou Automatizado?

Mas o câmbio PowerShift da Ford, não é nenhum destes dois tipos de câmbio que mencionei. Ele é automatizado. Este tipo de câmbio é facilmente confundido com o automático. Para o motorista a diferença não existe, pois o funcionamento dos dois câmbios é igual.

A diferença é técnica. Assim como o automático, no automatizado a manopla do câmbio é para selecionar o modo de funcionamento, contudo, a troca de marchas é feito utilizando motores elétricos ou acionamento hidraulico para embreagem e engatar a marcha correta. Resumidamente, o câmbio automatizado não passa de um câmbio manual que tem um robô fazendo o acionamento da embreagem e a troca da marcha. Assim simples.

Com isto o sistema fica mais barato e mais leve também. Sem falar que é menos complexo. A coisa ruim é que o carro é mais propenso a dar trancos, pois é dificil adivinhar a velocidade que o sistema deve liberar a embreagem.

Só pra deixar claro, nem no automático, nem no automatizado existe o pedal da embreagem. Carros com estes câmbios tem apenas dois pedais. Freio e acelerador.

Se você já dirigiu um carro com câmbio automático, não vai notar muita diferença para o PowerShift, mas vai notar bastante diferença para um automatizado da GM, VW ou da Fiat. 

CVT

Existe ainda um outro tipo de câmbio que pode ser chamado de automático que é o CVT, mas este existe em poucos carros. Você o encontra em alguns carros da Audi, Honda, Toyota, Mitsubishi, Renault e Nissan.

Este câmbio é o mais economico de todos. Não conta com embreagem, mas utiliza uma polia montada sobre cones que mudam as relações de marchas. A característica mais marcante deste tipo de câmbio é a rotação do motor constante nas acelerações, otimizando torque e consumo.

Trancos

No caso da Ford, o automatizado é menos propenso a trancos por ser um sistema com duas embreagens. Nos demais carros da concorrencia o sistema conta com uma única embreagem. 

Você percebeu que eu falei “menos propenso”? Pois bem. É isto mesmo. Ele é bem suave na troca de marchas na maioria das vezes, mas tem momento no qual o PowerShift não consegue se entender bem com a vontade do motorista e dá tranco de balançar a cabeça. Estes momentos porém são bem raros. 

Focus, Fiesta, EcoSport

O câmbio PowerShift não é exclusividade do Ford Focus. Ele também está presente na EcoSporte e no Fiesta. No caso do Focus, são seis marchas. Sendo que a segunda marcha é bem curtinha. Não sei como estão escalonadas as marchas dos demais modelos, mas também são de seis marchas.

Engarrafamento

No dia-a-dia, o câmbio funciona muito bem. Estranho apenas o seu funcionamento no engarrafamento no modo Drive. Para acompanhar o anda-pára sem abrir muito espaço para um espertinho se encaixar na sua frente o câmbio em modo Drive não é muito esperto. Nesta situação tenho usado o PowerShift em modo Sport, que estica as marchas e deixa o carro mais esperto.

Uma coisa que ajudaria bastante no caso do modo Sport seriam as aletas de troca de marcha na parte de trás do volante ao invés de botões na própria manopla do câmbio. Na manopla sua posição é ruim e dificil de encontrar de rapidamente.

Barulhos

O maior concorrente do Focus é o VW Golf. Ambos tem câmbio automatizado. No caso do Golf é o DSG que foi alvo de reclamações. Muitos donos comentaram sobre barulhos metalizados vindos do câmbio. Donos de Audi, que também tem câmbio DSG, reclamaram do mesmo barulho. Nos EUA, vi alguns videos de pessoas reclamando das primeiras unidades produzidas em 2011 sobre barulhos no câmbio.

Esotu com o carro desde dezembro de 2013 e quase 15 mil km rodados. Nunca escutei barulhos ou funcionamento estranho do câmbio como os relatados por donos de Golf.

PS: Este artigo foi escrito como sugestão do leitor Marcos.