Arquivo da tag: passe expresso

O fim do Passe Expresso, tag da Linha Amarela no Rio de Janeiro

Passando ontem pela Linha Amarela, no Rio, vi cartazes indicando aos motoristas que contrataram o Passe Expresso, sistema da Concessionária LAMSA de pistas automáticas para cobrança de pedágio, a respeito da necessidade de troca da TAG.

Primeiro pensei que o sistema estava se modernizando, contudo, ao acessar o site do sistema, vi que o caso é de término do serviço. 

Fim passe expresso

Com o fim das atividades prevista para dia 10/12/2016, o motorista que contratou o serviço da LAMSA precisa optar por qualquer outro provedor. Como destaque entre as opções indico duas: Sem Parar e ConectCar. 

O Sem Parar tem mais opções de rodovias e estacionamento para uso, contudo, sua mensalidade é mais alta. ConectCar é um serviço relativamente novo, menos organizado e com menos opções de estacionamento para uso, contudo, ele tem planos com mensalidade mais em conta. Se você abastece com frequência em postos da bandeira Ipiranga, pode desfrutar de mais descontos e regalias. Eu acabei optando pelo ConectCar.

No começo do ano fiz uma rápida analise das opções de sistemas de Tag para pistas automáticas que pode ser ainda valido, contudo, recomendo analisar com carinho as opções e planos disponíveis. Uma analise similar também foi feita em 2014.

Qual o melhor sistema de TAG para Pedágios e Estacionamentos?

No começo de 2014 escrevi um artigo falando sobre as alternativas de sistemas de tag e para as pistas de cobrança automáticas do pedágio da Linha Amarela no Rio de Janeiro. Naquela época eu passava pela via todos os dias pelo menos duas vezes e a freqüência de visitas à shoppings era baixa para não dizer nula.

O Passe Expresso, sistema da própria Lamsa, concessionária que opera a Linha Amarela, era o sistema com custo mensal mais baixo. Todo sistema de pista automática para pedágios e estacionamentos tem um custo mensal ou de recarga, dependendo do plano escolhido e da operadora do sistema. Na época, como eu já era cliente do Passe Expresso, decidi continuar sendo cliente.cobranca automatica

Desde então muita coisa mudou. Deixei de passar todos os dias pela Linha Amarela e eventualmente vou a shoppings onde algum sistema de tag é aceito. Por conta destas mudanças, optei por cancelar o serviço do Passe Expresso e adotei o ConectCar. A mudança não foi tão planejada como costumo fazer, contudo, foi uma experiência que acabou sendo ótima.

A ConectCar era uma empresa formada por dois sócios: Um controla os postos Ipiranga e o outro fazia parte do conglomerado da Odebrecht. No final de 2015 a Odebrecht vendeu sua parte para uma empresa do grupo Itaú por 170 milhões de reais e ainda que a ConectCar detenha apenas 10% do mercado de tags, o Itaú tem planos para expandir o negócio para muito além de pedágios e estacionamentos de grande empreendimentos.

No começo de 2016 a ConectCar mudou o seu plano fixo para ter a mensalidade mais baixa do mercado. Menos de 5 reais é o que você vai pagar para desfrutar dos serviços automáticos que a tag oferece para pagamento de pedágios e estacionamentos. Antes era por volta de 14 reais.

A tag promete ainda oferecer descontos em postos de combustível e abastecimento sem cartão de crédito. Este serviço já existia em 2015, contudo, precisa de uma carga especifica de dinheiro para ser usado para abastecimentos. Não é possível fazer compartilhamento de saldo entre pedágios/estacionamentos e combustível.

Acredito que com a mudança do plano “Fixo” para o “Abastece aí” a coisa mude. A mensalidade que é de menos de 5 reais pode ser gratuita se você abastecer pelo menos 200 reais por mês em postos da rede Ipiranga habilitados. Ficou legal, não é mesmo? A novidade é tão novidade que apenas a cidade de São Paulo pode curtir o desconto. Tem até um app especifico para usar no abastecimento. Durante o ano novas cidades serão atendidas

Como eu já tinha feito a troca para a ConectCar, resolvi apenas validar se a mudança que eu fiz foi realmente a melhor. Por isto, montei o comparativo abaixo para servir de apoio para você, caso precise de ajuda na hora de escolher um sistema de tag para pedágios.

Um alerta: O sistema Sem Parar/Via Fácil, tem planos específicos para o estado de São Paulo. É bom conferir antes de contratar. É também o sistema com maior abrangência em termos de rodovias e estacionamentos. Para São Paulo é possível até mesmo pagar o valor de corrida de taxi no custo do sistema, mas também é o que tem o maior custo mensal. O sistema deles também está sendo modificado. O sistema com dois aparelhos está sendo trocado para uma etiqueta adesiva similar ao do Auto Expresso.

Nota: Os dados da tabela foram extraídos dos sites das empresas em fevereiro de 2016.

comparativo-tags-2016