Arquivo da tag: Microsoft

Ford dá adeus à Microsoft no Sync 3

NewImage

Hoje o Sync está presente em praticamente todos os modelos da Ford. Ele é responsável pelo reconhecimento de voz e também é o sistema da central multimídia que é capaz de controlar o ar condicionado, rádio, GPS e também o telefone. O motor por trás do Sync é da Microsoft, que usa uma tecnologia ultrapassada, mas que atendeu até agora.

O Sync funciona, ainda que não mereça o advérbio “perfeitamente” numa frase que classifica o seu funcionamento. Nos EUA o sistema recebe atualizações periódicas, ainda que com grandes intervalos entre elas. Aqui no Brasil, apenas os carros importados dos EUA, Canadá e México recebem atualizações. Os carros que vem da planta argentina são renegados a ficarem presos a versão antiga e com problemas, ainda que não sejam frequentes.

Voltando ao tema do título, na semana passada veio a noticia de que a Ford estaria deixando a parceria com a Microsoft para adotar a plataforma da QNX, empresa responsável pelos sistemas multimídia de montadoras como Audi, Bentley, BWM e Mercedes. A QNX tem mais de 50% do mercado. O rumor já circulava o mercado há quase um ano e na semana passada veio o anuncio oficial.

O Sync 3, passará a usar a plataforma da QNX, que era um braço da Blackberry e que tem tentáculos em diversas industrias sendo automotiva a mais conhecida do consumidor. A Ford deu o primeiro passo e mostrou a novidade que chegará em alguns modelos durante o ano de 2015 (nos EUA!).

NewImage

A mudança de plataforma vem em ótima hora, mas para nós brasileiros, pode ser que demore mais do que o desejado e pior do que isto, a atualização de quem tem o sistema Sync 2 pode jamais virar realidade.

NewImage

Acima você pode ver que o antigo conceito de quatro cantos com as funções principais do sistema Sync virou passado e a interface parece muito mais moderna e atual. Outra informação altamente relevante é que a Apple é um dos parceiros estratégicos da QNX e isto quer dizer que o CarPlay estará nos carros que terão suporte ao Sync 3. 😉

NewImage

O Sync 3 estará em todos os carros da marca nos EUA até o final de 2016. Esta é a promessa. Aqui no Brasil, bem, o lance é esperar né? Abaixo você pode ver o vídeo de anuncio do Sync 3. Outra mudança relacionada ao Sync 3 é que a tecnologia de toque da tela mudou de resistiva para capacitiva. Isto quer dizer que as respostas ao toque são muito mais ágeis. Pra contextualizar, telas sensíveis ao toque capacitivas é o que se usa nos tablets e smartphones líderes de mercado.

Mal posso esperar para experimentar a novidade. #VemnimimSync3

Rumores apontam que BlackBerry pode substituir Microsoft nos carros da Ford

A Ford foi líder em colocar computadores embarcados nos seus carros. Quase 5 anos depois, a Google anuncia que tem uma versão do Android para carros e no ano passado a Apple fez o mesmo anuncio. Além da Ford, alguns carros da Kia e Hyundai também tem Microsoft nos seus sistemas de computador de bordo.

NewImage

Hoje li uma noticia que parece um pouco estranha: A Ford pode trocar a Microsoft pela Blackberry e com isto acabar com o problema que afeta o sistema de bordo Sync que funciona de maneira bem estranha. Se a Ford tivesse realmente que trocar seu fornecedor de base computacional para seus carros, que optasse por Android ou Apple, mas Blackberry?

A Blackberry foi líder no segmento corporativo de smartphones, mas foi ultrapassada de braçada por Apple e Samsung com aparelhos mais modernos, fáceis e agradáveis de usar. Nos últimos anos perdeu tanto mercado que quase sumiu do mapa e também quase foi comprada por um fundo de investimento. 

Os motivos para a troca seriam os custos de licenciamento mais baixos e maior estabilidade do sistema QNX que a Blackberry oferece. O sistema QNX é o segundo mais adotado para sistemas embarcados em carros. Sendo usado pela LandRover, Audi, Porsche, BMW entre outros. O QNX não foi desenvolvido pela Blackberry, mas foi adquirido em 2010 por quase 200 milhões de dólares.

NewImage

A troca parece fazer sentido, contudo, a saúde da Blackberry não inspira muita confiança. Fazer aposta também em sistemas recém anunciados da Apple e Google também não parece muito sensato, mas eu ainda vejo com desconfiança a troca, que parece conservadora. Espero que resolva os problemas e que os carros que já estejam rodando possam desfrutar de melhorias, mas se algo acontecer, creio que demorara pelo menos 18 meses, sendo bastante agressivo.